Hackathon resulta em nove projetos sobre transparência no Legislativo

C&T Inovação - BR

O Laboratório Hacker da Câmara dos Deputados realizou, de 28 a 30 de junho, na cidade de Valparaíso, no Chile, o 1º Hackathon Legislativo Mundial. O evento, realizado durante a Conferência Mundial sobre o Parlamento Eletrônico 2016, resultou em nove projetos sobre participação social e transparência no Legislativo.

O Hackathon é uma maratona que reúne hackers, programadores, desenvolvedores e inventores para criar projetos que transformem informações de interesse público em soluções digitais. Esse Hackathon reuniu participantes e colaboradores remotos da Argentina, do Brasil, do Chile, do Peru, do Reino Unido, do Canadá, da França, da Itália e dos Estados Unidos.

Os projetos apresentados durante o evento foram desenvolvidos em três linhas: os que facilitam a compreensão do trabalho legislativo por parte do cidadão, reinterpretando a informação de uma maneira diferente; os de desenvolvimento ou aprimoramento de projetos de participação; e projetos relacionados ao trabalho dos Legislativos.

Um dos aplicativos selecionados, o Socievole facilita a visualização da legislação do Reino Unido ao separar os assuntos por temas em uma linha do tempo. Já o Raio-X da Lei, parceria do Chile com o Brasil, é um aplicativo que permite a leitura de códigos de barras (QR Codes) pela cidade, para o cidadão ter acesso imediato às leis que regem situações do cotidiano, como em placa de proibido fumar ou em vaga exclusiva de estacionamento, por exemplo.

Dentro da trilha de aprimoramento de projetos, dois hackers trabalharam com a adaptação do Wikilegis da Câmara dos Deputados, a ferramenta criada para participação dos cidadãos no processo de elaboração de leis. O objetivo é que a plataforma, que teve uma receptividade muito positiva dos parlamentos, possa ser aproveitada também, na prática, pelos Legislativos de língua espanhola, dentro da premissa colaborativa dos hackers cívicos.

Os participantes chilenos receberam da Câmara dos Deputados do Chile um estágio no Laboratório Hacker para continuação do desenvolvimento dos projetos apresentados durante o evento. Quatro hackers locais virão à Câmara dos Deputados por uma semana, em agosto, para trocar experiências com os brasileiros no LabHacker.

Hackathons

O Laboratório Hacker foi convidado a coordenar o evento internacional pela experiência adquirida na realização de hackathons voltados para o Legislativo e por ser o primeiro espaço criado para promover o desenvolvimento colaborativo de projetos inovadores em cidadania dentro de um Parlamento.

A Câmara dos Deputados também foi o primeiro Parlamento a realizar um hackathon nacional nas Américas, em 2013. Com o tema Transparência Legislativa e Participação Popular, o evento contou com 183 inscritos e 24 projetos finalistas.

Para conhecer melhor o resultado do Hackathon, clique aqui.

(Agência Gestão CT&I, com informações da Câmara dos Deputados)


capes-financia-projetos-conjuntos-com-a-holanda-em-todas-as-areas-do-conhecimentoA Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) lançou o edital nº 27/2017, referente ao Programa Capes/Nuffic...
embrapii-desenvolvera-projetos-de-inovacao-com-empresas-brasileiras-e-britanicasCinco unidades e um polo da Empresa Brasileira de Pesquisa e Inovação Industrial (Embrapii) irão desenvolver sete projetos de inovação...
metodologia-do-curso-para-elaboracao-e-gestao-de-projetos-da-abipti-e-enaltecida-por-alunos“O diferencial deste curso é que ele é completo, apresenta todo o Sistema Nacional de Ciência e Tecnologia para o aluno”, explica o...
incobra-brokerage-event-disponibiliza-plataforma-para-identificacao-de-parceiros-e-agendamento-de-networkings Já está disponível uma plataforma virtual para que os participantes do INCOBRA Brokerage Event registrem-se e criem o seu perfil de...
fapesp-e-cdti-anunciam-financiamento-para-pesquisa-inovativaA Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp) e o Centro para el Desarrollo Tecnológico Industrial (CDTI) anunciam a...