Investimento de 2% do PIB em ciência é o mínimo para competir com grandes players

C&T Economia - Economia

Lançada em maio deste ano, a Estratégia Nacional de Ciência e Tecnologia (Encti) 2016-2019 tem potencial para pavimentar o caminho do desenvolvimento para o Brasil. Segundo o secretário de Políticas e Programas de Pesquisa e Desenvolvimento (Seped) do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC), Jailson de Andrade, o documento reúne as bases para que o Brasil seja mais próspero.

"A Encti ajuda a construir um caminho rumo ao desenvolvimento pleno da nação brasileira. Ela vem sendo construída há tempos, e a última versão consolida as principais necessidades do País", afirmou Jailson em debate na 68ª Reunião Anual da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC), em Porto Seguro (BA).

Para isso, Jailson destacou ser fundamental o investimento financeiro para as atividades de ciência, tecnologia e inovação (CT&I). Ele pediu ações conjuntas dos atores do setor para que o Brasil figure entre as nações mais inovadoras do mundo. "O atual orçamento do MCTIC está no mesmo nível de 2001. Precisamos do engajamento de todos os atores do setor para superar o fato de sermos a nona maior economia do mundo e apenas o 70° colocado no Global Innovation Index."

A meta estabelecida pela Encti é que, até 2019, o volume destinado para ciência, tecnologia e inovação seja de 2% do PIB. "Esse é o valor mínimo para que possamos competir com os grandes players mundiais. Mas podemos chegar a até 2,5% para que a ciência brasileira tenha condições de se desenvolver ainda mais", destacou a presidente do Conselho Nacional de Secretários Estaduais para Assuntos de Ciência, Tecnologia e Inovação (Consecti), Francilene Garcia.

Na avaliação do presidente da Academia Brasileira de Ciências (ABC), Luiz Davidovich, o investimento público em pesquisa e desenvolvimento ainda é tímido – o que reflete em pouca inovação no País. Ele citou o exemplo da China, que diante de uma queda no Produto Interno Bruto (PIB) aumentou os gastos estatais com ciência e tecnologia em 23%. Para ele, o MCTIC tem papel importante na intermediação por mais recursos para a área.

"O apoio do alto escalão é fundamental para o sistema funcionar. Nesse aspecto, o MCTIC é importante para fazer o meio-campo e ajudar a articular que o sistema funcione plenamente e que haja recursos disponíveis para a ciência", disse Davidovich.

Encti

A Estratégia Nacional de Ciência e Tecnologia 2016-2019 coloca como condição para o Brasil dar um salto no desenvolvimento científico e tecnológico e elevar a competitividade de produtos e processos um Sistema Nacional de Ciência, Tecnologia e Inovação (SNCTI) robusto e articulado.

O objetivo é posicionar o Brasil entre os países com maior desenvolvimento científico e tecnológico; aprimorar as condições institucionais para elevar a produtividade a partir da inovação; reduzir assimetrias regionais na produção e no acesso à ciência; desenvolver soluções inovadoras para a inclusão social e produtiva; e fortalecer as bases para a promoção do desenvolvimento sustentável.

(Agência Gestão CT&I, com informações do MCTIC)



capes-financia-projetos-conjuntos-com-a-holanda-em-todas-as-areas-do-conhecimentoA Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) lançou o edital nº 27/2017, referente ao Programa Capes/Nuffic...
embrapii-desenvolvera-projetos-de-inovacao-com-empresas-brasileiras-e-britanicasCinco unidades e um polo da Empresa Brasileira de Pesquisa e Inovação Industrial (Embrapii) irão desenvolver sete projetos de inovação...
incobra-brokerage-event-disponibiliza-plataforma-para-identificacao-de-parceiros-e-agendamento-de-networkings Já está disponível uma plataforma virtual para que os participantes do INCOBRA Brokerage Event registrem-se e criem o seu perfil de...
fapesp-e-cdti-anunciam-financiamento-para-pesquisa-inovativaA Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp) e o Centro para el Desarrollo Tecnológico Industrial (CDTI) anunciam a...
metodologia-do-curso-para-elaboracao-e-gestao-de-projetos-da-abipti-e-enaltecida-por-alunos“O diferencial deste curso é que ele é completo, apresenta todo o Sistema Nacional de Ciência e Tecnologia para o aluno”, explica o...