Ministro quer ações para a competitividade da indústria farmacêutica

C&T Saúde - BR

O ministro da Saúde, Ricardo Barros, quer fortalecer o Complexo Industrial da Saúde. Nesta quarta-feira (29/6), ele destacou a importância da competitividade do setor para a sustentabilidade do Sistema Único de Saúde (SUS). Entre as ações a serem adotadas, o dirigente apontou o aumento da concorrência, redução de preços e maior eficiência das parcerias de transferência de tecnologia entre empresas públicas e privadas.

O aprimoramento das Parcerias de Desenvolvimento Produtivo (PDP) tem o intuito de induzir o processo de transferência de tecnologia para garantir o melhor custo benefício para o SUS, tendo em vista, por exemplo, o prazo de vencimento dos medicamentos. “Reunirei os laboratórios públicos e privados para que juntos possamos avaliar o processo em andamento e com isso buscar alternativas para aprimorar o modelo existente”, declarou o ministro da Saúde.


Barros destacou ainda a importância dos medicamentos biológicos para a redução nos gastos com compras de medicamentos no SUS. “É uma área de muito interesse do governo, nós temos gastos bilionários com esses produtos. É um investimento importante para a saúde dos brasileiros”, disse. Atualmente, o Ministério da Saúde disponibiliza 26 medicamentos biológicos à população pelo SUS e, sozinhos, eles consomem 51% do orçamento para compra de medicamentos.


A pasta tem 81 PDP’s vigentes envolvendo 18 laboratórios públicos e 46 privados. Esses acordos preveem o desenvolvimento de 78 produtos (47 medicamentos, 4 vacinas e 27 produtos para saúde). As PDP’s são destinadas à transferência de tecnologia entre instituições públicas e privadas e às encomendas tecnológicas vinculadas às demandas de produtos estratégicos para SUS. Esses acordos devem gerar uma economia de R$ 5,3 bilhões por ano em compras públicas.


(Agência Gestão CT&I, com informações do Ministério da Saúde)

capes-financia-projetos-conjuntos-com-a-holanda-em-todas-as-areas-do-conhecimentoA Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) lançou o edital nº 27/2017, referente ao Programa Capes/Nuffic...
embrapii-desenvolvera-projetos-de-inovacao-com-empresas-brasileiras-e-britanicasCinco unidades e um polo da Empresa Brasileira de Pesquisa e Inovação Industrial (Embrapii) irão desenvolver sete projetos de inovação...
incobra-brokerage-event-disponibiliza-plataforma-para-identificacao-de-parceiros-e-agendamento-de-networkings Já está disponível uma plataforma virtual para que os participantes do INCOBRA Brokerage Event registrem-se e criem o seu perfil de...
fapesp-e-cdti-anunciam-financiamento-para-pesquisa-inovativaA Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp) e o Centro para el Desarrollo Tecnológico Industrial (CDTI) anunciam a...
metodologia-do-curso-para-elaboracao-e-gestao-de-projetos-da-abipti-e-enaltecida-por-alunos“O diferencial deste curso é que ele é completo, apresenta todo o Sistema Nacional de Ciência e Tecnologia para o aluno”, explica o...