Instituto desenvolve tecnologia de produção do grafeno para primeira fábrica do Brasil

C&T Sistemas Estaduais - BR

O Centro de Desenvolvimento de Tecnologia Nuclear (CDTN) está desenvolvendo a tecnologia de produção do grafeno – uma das formas cristalinas do carbono – para a primeira fábrica desse material do Brasil. A iniciativa é da Companhia de Desenvolvimento Econômico de Minas Gerais (Codemig), em parceria com a Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) e o CDTN, que irá investir R$ 21,3 milhões em três anos, para desenvolver a tecnologia e implantar a produção em escala piloto.


O CDTN é o responsável pelo desenvolvimento da tecnologia de produção do grafeno, separação e demonstração de aplicações em baterias de íon-lítio e compósitos poliméricos. "O foco do nosso trabalho é o processamento químico em nanoestruturas de carbono. Somos responsáveis pela parte de produção do grafeno, por meio da esfoliação química do insumo de partida que é a grafita natural", explica a coordenadora no CDTN do projeto "MG Grafeno – Produção de grafeno a partir da grafite natural e aplicações", Clascídia Furtado.


Para a estruturação deste projeto, a Codemig identificou nas instituições parceiras competências adquiridas ao longo de quase duas décadas de dedicação à pesquisa básica em nanomateriais de carbono. A produção de grafeno a partir da grafita natural agrega enorme valor a esse mineral. Uma tonelada métrica de grafite é hoje comercializada por aproximadamente US$ 1 mil no mercado internacional, uma tonelada métrica de grafeno é comercializada por 500 vezes esse valor, sendo que, dependendo da aplicação, o preço pode chegar a US$ 100 por grama.


O investimento na produção do grafeno atrairá empresas de alta tecnologia que possam utilizar a matéria-prima em produtos inovadores de alto valor, num grande leque de aplicações, em razão da segurança trazida pela disponibilidade do insumo em quantidade e qualidade adequadas à industrialização de produtos e processos.


"A grafita é amplamente usada em diversas áreas, como, por exemplo, fundição, tintas, siderurgia, baterias. O grafeno vem ampliar a possibilidade dessas aplicações. É um material totalmente diferente, em escala nanométrica. O grafeno possui propriedades interessantes inerentes à nanoestrutura de carbono. É seis vezes mais forte que o aço, possui altíssima condutividade elétrica e condutividade térmica superior a do diamante", salienta Furtado.


Cadeia produtiva em ascensão


Minas Gerais possui uma das maiores reservas mundiais de grafita, o mineral a partir do qual se extrai o grafeno. As reservas mundiais de grafita são de, aproximadamente, 131,4 milhões de toneladas, dos quais 59,5 milhões estão localizados no Brasil, o que constitui a maior reserva mundial, segundo dados do Departamento Nacional de Produção Mineral (DNPM). As reservas economicamente exploráveis estão localizadas, principalmente, em Minas Gerais, no Ceará e na Bahia.


Segundo informações da Codemig, as recentes movimentações financeiras nos países à frente dos investimentos no grafeno confirmam a importância econômica do nanomaterial. As previsões para o mercado mundial de grafeno indicam uma taxa de crescimento anual composta (Carg) de 44% até 2020.


(Agência Gestão CT&I, com informações do MCTIC)

capes-financia-projetos-conjuntos-com-a-holanda-em-todas-as-areas-do-conhecimentoA Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) lançou o edital nº 27/2017, referente ao Programa Capes/Nuffic...
embrapii-desenvolvera-projetos-de-inovacao-com-empresas-brasileiras-e-britanicasCinco unidades e um polo da Empresa Brasileira de Pesquisa e Inovação Industrial (Embrapii) irão desenvolver sete projetos de inovação...
incobra-brokerage-event-disponibiliza-plataforma-para-identificacao-de-parceiros-e-agendamento-de-networkings Já está disponível uma plataforma virtual para que os participantes do INCOBRA Brokerage Event registrem-se e criem o seu perfil de...
metodologia-do-curso-para-elaboracao-e-gestao-de-projetos-da-abipti-e-enaltecida-por-alunos“O diferencial deste curso é que ele é completo, apresenta todo o Sistema Nacional de Ciência e Tecnologia para o aluno”, explica o...
fapesp-e-cdti-anunciam-financiamento-para-pesquisa-inovativaA Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp) e o Centro para el Desarrollo Tecnológico Industrial (CDTI) anunciam a...