Investimento em pessoal favorece processo legislativo, diz especialista

C&T Política - BR

O investimento em formação de pessoal é um recurso básico para que a tecnologia de informação possa influenciar positivamente o processo legislativo nas próximas décadas. A avaliação é do diretor do Centro de Informática da Câmara dos Deputados (Cenin), Guilherme Brügger D'amato, que debateu o impacto das tecnologias de informação e comunicação no processo legislativo em audiência pública.

“O que for pensado vai ser construído. A tecnologia vai influenciar o processo legislativo através das pessoas. Os equipamentos estarão disponíveis, mas precisaremos de pessoas motivadas e capacitadas, ter políticas de gestão de talento, capacitação tecnológica e legislativa. A tecnologia é a nova matemática. Temos dados para processar. Vai sair na frente quem souber manejar esses dados”, afirmou.


Professor da Faculdade de Direito da Universidade de Brasília (UnB), Thiago Luís Santos Sombra disse que o novo espaço público de discurso impõe novos desafios, e que cada indivíduo pode gerar riqueza ou influenciar no processo de interação. Ele avaliou que o maior debate, quando se trata de processo legislativo ou da intervenção do cidadão na regulação estatal, diz respeito à prestação de contas.


“A iniciativa popular era praticamente inviável em 1988, na elaboração da Constituição. Hoje está acessível a qualquer pessoa. Os fóruns estabelecidos pelo Congresso brasileiro são significativos, a interação de parlamentares com sua base é marcante”,  afirmou.


Para o professor do Instituto de Ciência Política da UnB, Carlos Marcos Batista a participação popular e a transparência só podem prosperar no ambiente democrático de liberdade e livre expressão, que se reforça com as novas tecnologias de informação digital.


Os instrumentos de democracia digital mais tradicionais, lembrou Batista, são a consulta e a iniciativa popular, ao lado de mecanismos mais tradicionais, como o referendo e o plebiscito. “Quando inseridos no mundo virtual, esses mecanismos trarão progresso ao Parlamento. Não se espera que cem por cento da população participe o tempo todo, mas se espera que de 20 a 25% da população estejam atuando no processo virtual”, afirmou.


A onda tecnológica, na opinião do professor Sérgio Soares Braga, da Universidade Federal do Paraná (UFPR), favorece a manifestação pública por diversos mecanismos virtuais. Ele avaliou que esses recursos permitem maior controle social, e que o Parlamento não deve ficar acuado diante das crises, mas aproveitar essas oportunidades para o próprio crescimento.


Nova evolução

A colunista da revista Você S/A e da BandNews FM, Gil Giardelli disse que o mundo vive uma nova evolução. Ela observou que a maioria das palavras usadas hoje nasceram ou criaram forma entre a Revolução Francesa e a Revolução Industrial. “Vamos ter que repensar a forma de fazer política. A evolução coloca em xeque as empresas, as pessoas e os países. Se antes a inovação demorava trinta anos, agora estamos falando de uma época em que tudo acontece e tudo já está atrasado em um ano”, disse.


(Agência Gestão CT&I, com informações da Agência Senado)



capes-financia-projetos-conjuntos-com-a-holanda-em-todas-as-areas-do-conhecimentoA Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) lançou o edital nº 27/2017, referente ao Programa Capes/Nuffic...
embrapii-desenvolvera-projetos-de-inovacao-com-empresas-brasileiras-e-britanicasCinco unidades e um polo da Empresa Brasileira de Pesquisa e Inovação Industrial (Embrapii) irão desenvolver sete projetos de inovação...
incobra-brokerage-event-disponibiliza-plataforma-para-identificacao-de-parceiros-e-agendamento-de-networkings Já está disponível uma plataforma virtual para que os participantes do INCOBRA Brokerage Event registrem-se e criem o seu perfil de...
fapesp-e-cdti-anunciam-financiamento-para-pesquisa-inovativaA Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp) e o Centro para el Desarrollo Tecnológico Industrial (CDTI) anunciam a...
metodologia-do-curso-para-elaboracao-e-gestao-de-projetos-da-abipti-e-enaltecida-por-alunos“O diferencial deste curso é que ele é completo, apresenta todo o Sistema Nacional de Ciência e Tecnologia para o aluno”, explica o...